Morando na Gringa | Difícil não estar sóbrio em uma cidade como Toronto



Eu já falei aqui sobre a estranha relação que os canadenses tem com o álcool, e como é difícil de se conseguir e todas as regras que existem para seu consumo, e o que vem à mente quando vemos essa relação é de que é muito difícil de não estar sóbrio em uma cidade como Toronto, mas será que é assim mesmo?
De fato se você considera estar bêbado como a única forma de não estar sóbrio, vai ser um pouco mais difícil, mas para a galera legalize que usa pulseiras da bandeira da jamaica e acham “disjointed” a melhor série já produzida, tenho novidades pra você, não é tão difícil assim!!
Mesmo que ainda não seja legalizada para consumo recreativo(a previsão é que a comercialização legal para uso recreativo comece em julho) a população de Toronto já decidiu que é legalizado e pronto.
Com uma frequência absurda você sente um cheiro aleatório da erva ao caminhar na rua, seja por alguém que fuma enquanto caminha, seja por algum carro que passou, seja por alguém que está em um ponto de ônibus, normalmente no caminho da minha casa pra faculdade eu me deparo 2 ou 3 vezes com alguém fumando maconha, e vale a ressalva que eu entro na aula às 8:30 da manhã.
O consumo é tão normal entre a população que cenas no mínimo inusitadas são comuns aos nativos, como por exemplo o dia em que me deparei com um garçom em sua pausa no trabalho, encostado na porta do café onde trabalhava fumando um baseado enquanto clientes entravam e saiam da loja como se nada estivesse acontecendo, e após acabar seu baseado, o garçom voltou para trabalhar na maior naturalidade do mundo. Também assumo que fiquei um pouco chocado quando vi que artigos para o consumo da maconha, como cachimbos de vidro, dichavadores, bongs etc, são comercializados normalmente em lojas de conveniência, junto com cartões de dia dos namorados e lembrancinhas do Canadá.
Assumo que às vezes a situação sai um pouco do controle, e nos deparamos nos jornais com notícias hilárias, como a dos policiais que após consumirem edibles(alimentos que contêm maconha) durante o seu período de trabalho, chamaram a central pedindo reforço para um crime que aparentemente não estava acontecendo, não teve como segurar o riso quando vi que a notícia terminava com “investigações para descobrir qual era o crime relatado pelos policiais ainda estão em andamento”, no entanto os policiais que parecem ter saído de um filme do james franco com seth rogen foram afastados de seus cargos.
Acabei descobrindo então que na verdade toda essa proibição e fiscalização em relação ao álcool não são de fato uma busca pela sobriedade, aqui a galera só é maconheira mesmo.