Descubra se Você é um Psicopata



Idolatrados pelos amantes de filmes e jogos de terror, e completamente temidos pela maior parte das pessoas normais, Psicopatas são elementos completamente constantes no imaginário coletivo e na cultura popular de diversos países: Apáticos, Racionais, dotados de inteligência além da média e altíssimas habilidades de manipulação, os psicopatas são pessoas na maioria das vezes perigosas e que não medem esforços para conseguirem o que querem.

Ao longo dos anos, a psicologia moderna tem quebrado muito a cabeça tentando desmistificar essas pessoas e descobrir métodos de frear e detectar traços de psicopatia em jovens que demonstram tendências. Muitos testes foram elaborados com o intuito de analisar de forma sutil a personalidade e a mente dessas pessoas, tomando como elemento de estudo a resposta, muitas vezes interpretativa. E por mais que muitos desses testes não sejam mais aplicados hoje em dia por instituições psiquiátricas e policiais, foram aplicados anos e anos em criminosos que demonstravam possibilidades de serem Psicopatas.

Um desses testes se destacou muito na internet nos últimos dias por conta de sua simplicidade, e por isso, decidimos trazer aqui para o site, este método quase infalível de detectar psicopatas ao seu redor – afinal, são 1 a cada 7 seres humanos, tornando possível que qualquer pessoa possa ser um psicopata em potencial, inclusive você, caro leitor desta coluna

O teste é bem simples como dissemos agora a pouco, e irá tomar poucos minutos para ser resolvido. Você deve ler o problema abaixo com muita atenção e em seguida responder da forma que achar mais lógica. Preparados? Então Vamos Lá!

 

O PROBLEMA:

Joana e Maria são irmãs, e em uma tarde de sábado comparecem ao enterro da mãe que acaba de falecer. No evento, Joana conhece um rapaz muito bonito que chama muito a sua atenção logo à primeira vista, e por quem ela se apaixona perdidamente após horas de conversa descontraída na recepção após o enterro.

O velório acaba, os convidados vão embora e o rapaz misterioso esquece de deixar endereço e telefone, o que faz com que Joana nunca mais consiga o ver novamente. Um mês após o ocorrido, Joana é presa por assassinar sua própria irmã.

 

A PERGUNTA:

Qual teria sido o motivo por trás da ação de Joana? Porque ela teria matado a própria irmã?
Feita a pergunta, e se você é do tipo ansioso que não aguenta para ver a resposta do teste, fique tranquilo desde já: Psicopatas dificilmente se afetam por emoções como ansiedade, já que são frios, calculistas, e completamente apáticos. E se você pensou em respostas mais passionais como “Ela matou a irmã porque Maria a traiu com o rapaz”, ou, “Ela matou a irmã por descobrir um possível envolvimento desta com a morte da mãe”, também pode ficar sossegado.

Ambas são respostas comuns a este problema e são típicas quando vindas de pessoas emocionais. No entanto, existe uma única resposta que foi a mesma na maior parte dos criminosos psicopatas aos quais este teste foi aplicado nas penitenciárias dos Estados Unidos, e que consegue revelar uma possível psicopatia por ser uma resposta racional e que só poderia vir de uma pessoa que pensa com a lógica de um verdadeiro psicopata

 

A RESPOSTA:

Se você respondeu que Joana matou Maria por achar que o homem retornaria para o velório da irmã, e assim, ela teria uma chance de o reencontrar, MEUS PARABÉNS, você é um psicopata!