O renascimento do Exterminador



Data: Agosto/2017

Roteiro: Christopher Priest

Arte: Carlos Pangulaya, Jason Paz, Larry Hama, Joe Benett, Mark Morales e Belardino Brabo

Capa: Rômulo Fajardo Jr.

 

A primeira aparição do Exterminador foi nos quadrinhos dos Novos Titãs, em Dezembro de 1980, criado por Marv Wolfman e George Pérez. O personagem é um ex-militar que sofreu experiência para um programa de super soldados do governo. A partir daí, ele ganhou habilidades de um meta-humano como por exemplo: regeneração de ferimentos, força, e super inteligência.

Slade Wilson, vulgo Exterminador, está de volta ao universo DC  renascimento, em um volume que reúne 5 histórias do mercenário mais perigoso do mundo. Para quem é novo no mundo dos quadrinhos, essa é uma boa chance de acompanhar um dos vilões mais icônicos da DC Comics.

Durante uma missão na África, Slade descobre que sua filha, a Devastadora, está sendo caçada, então ele parte em uma missão para salvá-la. A história transita muito bem entre o passado eo presente da personagem, explorando as forças e fraquezas de Slade, em um jogo de espiões com direito a reviravoltas emocionantes. Tudo, acompanhado de muita ação, aventura e violência regada a muito sangue. Os textos são curtos e simples e em algumas páginas temos apenas cenas de ação, o que torna possível a leitura das 140 páginas em uma única “sentada”.

O Exterminador volume 1 tem uma ótima história, participação de personagens conhecidos e uma arte espetacular. Com certeza vai agradar os fãs mais fiéis e também tem tudo para trazer novos leitores.