Cinema | Batman Begins é a melhor adaptação do morcego para o cinema?



Batman Begins, é um filme de heróis baseado nos quadrinhos da DC. Lançado em 2005, foi dirigido por Cristopher Nolan – dando início a trilogia de mais sucesso do herói – e estrelado por Christian Bale no papel principal, Liam Neeson como Ra’s Al Ghul, o vilão da história. O longa conta com 140 minutos de duração.

Bruce Wayne é retratado de duas formas no filme. A primeira acontece nos primeiros minutos, onde ele é uma criança que acaba de testemunhar a morte de seus pais na sua frente, e traz todos seus medos à tona – inclusive o de morcegos. A segunda parte é ele já adulto usando os medos a seu favor, trazendo o morcego como o seu estímulo de força. Nascendo assim, o herói Batman.

Wayne percebe que pode ajudar muito mais sua cidade, além do que já fazia com sua empresa, então parte em busca de treinamento para aperfeiçoar-se em sua jornada. Quando encontra alguém que pode ajudá-lo, percebe que seus atos fogem de seus preceitos, e precisa impedir que essa pessoa acabe com Gotham.

O filme é muito bem dirigido por Nolan, que acertou na escolha de criar um tom mais sombrio para o Batman. As cores e a trilha sonora usada nas cenas, combinam com o que o roteiro quer passar para o público. A atuação dos atores são pontos positivos que agregaram muito para o produto final. Christian Bale mostra que ele é o cara certo para viver Bruce Wayne nas telonas. Liam Neeson mostra uma seriedade que cria uma identidade para o personagem. As relações apresentadas, expõem que o medo é o ponto a ser notado no herói. Antes paralisado por causa dele, hoje ele usa seu medo para enfrentar os seus demônios.

Deixando poucas pontas soltas – as que ficam sem resposta, são introduções para o próximo filme – o longa prende os espectadores do início ao fim. Batman Begins é um ótimo filme para quem quer conhecer mais sobre a origem do Homem Morcego, sem ver mais um filme bobo de herói.